PS

PS

SEGUIDORES

sábado, 6 de setembro de 2014

Djalma Paulino de Mattos Bastos, (Netinho).




Por aonde andará esse amigo que era parceiro das seções de cinema, do flertar as meninas que passeavam pela Princesa do Sul, nas noites de sábados ou nas tardes de domingo, lá pelos anos 1967-68-69.


Amigo Netinho, certa vez nos encontramos em Porto Alegre, onde passavas uns dias, na casa de Luís Ariano, e te levei para conhecer umas meninas que moravam ali na Azenha, sendo que uma delas era minha namorada.


O tempo passou, tomamos caminhos diferentes, saí do Exército e fui para o Mato Grosso do Sul, e a última vez que te vi foi em Pelotas, quando te procurei no casarão em que moravas, casarão de teu avô, estavas em casa dispensado do serviço com fortes dores nos rins, e ao chegar fui recebido pelo Cássio Antônio que me informou que tu estavas de cama aguardando o médico da empresa em que trabalhavas, provavelmente em 1977/78.



Pedi para o Cássio que dissesse que eu era o médico da empresa que estavas esperando.


Ao entrar em teu quarto não me reconheceste, pois haviam passado alguns anos e eu estava com um enorme bigode.


Pensaste que eu era realmente o médico, e após algumas perguntas e exames sem usar um estetoscópio ou pelo menos um termômetro sentenciei o tratamento, na base da cachaça e da cerveja.


Um tratamento meio maluco que nada entendeste, mas o Cássio dava risadas à porta.


Foi muito hilário.


E quando disse quem eu era, ficaste sem jeito, porém não perdeste o humor.


Bons tempos.

12 comentários:

  1. O netinho faleceu em 2001.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Professor Pedro A. C. Teixeira 8 de janeiro de 2016 05:18

      Profunda tristeza em saber do passamento de Netinho, e já se vão por incrível que pareça 15 anos.

      Olá caro cidadão.

      Realmente meu sentimento e de lamentar a morte de uma pessoa não só minha amiga como amigo de meus familiares, pois seguidamente ele, Laura e outros irmão iam em nossa casa.
      A vida nos reserva surpresas, nem sempre agradáveis.
      Fico muito agradecido pela mensagem, mesmo que triste.
      Há muitos e muitos anos não o via nem sabia notícias dele, era um homem educado, parceiro que a todos cativava pela sua maneira de ser, sendo até hoje lembrado por minhas irmãs como o jovem alegre, divertido e de alta astral.
      Um grande abraço.
      Prof. Pedro.

      Excluir
    2. Prof. Pedro, sou sobrinha do Netinho. Se possível gostaria de um contato seu para que possas relatar mais histórias do tempo de meu tio moço. Obrigada!

      Excluir
    3. Prof. Pedro, sou sobrinha do Netinho. Se possível gostaria de um contato seu para que possas relatar mais histórias do tempo de meu tio moço. Obrigada!

      Excluir
    4. Prof. Pedro, sou sobrinha do Netinho. Se possível gostaria de um contato seu para que possas relatar mais histórias do tempo de meu tio moço. Obrigada!

      Excluir
    5. Olá Juliana.
      Que surpresa agradável tê-la em meu blogue e principalmente saber que és sobrinha de meu grande amigo Netinho, pessoa educada, respeitosa que com prazer imenso não só o conheci como todos os irmãos, a Mamãe dele se não me falha a memória era seu nome Maria Helena (?), seu avô o Dr. Djalma, da Laurinha (Laura Jane), enfim toda aquela maravilhosa família.
      Para entrares em contato comigo podes usar dois meios - Meu E-mail é decastroteixeira@hotmail.com, ou usar este blogue para comentar usando como primeira palavra entre parêntesis a palavra RESERVADO (RESERVADO), neste caso os comentários que assim vierem não serão publicados.
      Ontem passei o dia meio mal, pois na madrugada soube do passamento de Netinho, e mesmo ainda um pouco triste, fico contentíssimo que tu tenhas entrado em contato e assim podemos falar sobre esta pessoa sempre tão lembrada, um amigo
      respeitoso e fiel, que casou em uma época em que eu morava no Mato Grosso do Sul, não podendo ter assistido esse momento.
      Minha filha do coração, desejo muita saúde e paz, ficarei extremamente alegre e feliz em trocar contigo informações.
      Um grande e respeitoso abraço.
      Prof. Pedro

      Excluir
    6. Olá Juliana.
      Entre em contato pelo meu E-mail (decastroteixeira@hotmail.com) assim ficarei com o teu para podermos nos corresponder.
      Grande e respeitoso abraço
      Prof. Pedro

      Excluir

  2. Professor Pedro A. C. Teixeira 8 de janeiro de 2016 05:18

    Profunda tristeza em saber do passamento de Netinho, e já se vão por incrível que pareça 15 anos.

    Olá caro cidadão.

    Realmente meu sentimento e de lamentar a morte de uma pessoa não só minha amiga como amigo de meus familiares, pois seguidamente ele, Laura e outros irmão iam em nossa casa.
    A vida nos reserva surpresas, nem sempre agradáveis.
    Fico muito agradecido pela mensagem, mesmo que triste.
    Há muitos e muitos anos não o via nem sabia notícias dele, era um homem educado, parceiro que a todos cativava pela sua maneira de ser, sendo até hoje lembrado por minhas irmãs como o jovem alegre, divertido e de alta astral.
    Um grande abraço.
    Prof. Pedro.

    Excluir

    ResponderExcluir
  3. Não havendo acaso, hoje acessei o "Eu sabia, e tu sabias?", encontrando menção ao nome do Netinho. E aí se foi um tempo de emoção e saudades desse irmão. Agradeço-te lembrares e registrares essa amizade pelo meu irmão. Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alfredo, feliz fiquei ao encontrar teu comentário em meu blogue. Feliz e emocionado, afinal conheci toda a família, Dr. Djalma (VÔ) Maria Helena, (mãe), com quem sonhei uma noite destas, lá no casarão e ela preocupada com a arrumação de cortinas, Laurinha, (Laura Jane), e todos os teus irmãos, por uma falha minha não consigo lembrar o nome da irmãzinha menor, que na época era uma menininha. Há outra publicação em meu blogue com o título DJALMA PAULINO DE MATTOS BASTOS 2 – DE 9 DE JANEIRO DE 2016. Dê uma passada por essa outra publicação, pois além da alegria de sua visita também fica registrado o grande apreço que tinha pelo teu irmão, que após casar nunca mais dele tive notícias a não ser o seu passamento que fiquei sabendo através de um comentário anônimo e depois dois comentários de Juliana Martins (sobrinha de Netinho), a qual não mais entrou em contato.
      Grande abraço Alfredo, e lamento profundamente que este amigo tenha nos deixado. Que a saúde e a paz sejam tuas eternas companheiras.

      Excluir