PS

PS

SEGUIDORES

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Crianças e Animais.



Ter um animal em casa é muito bom, principalmente se nessa casa houver criança. Eu mesmo já tive muitos, inclusive um gambá, conforme já publicado neste blogue. São companheiros e nos dão carinho e alegria.

Entretanto , nada com exagero, pois...

Enquanto milhões de crianças passam fome, enquanto milhões de crianças vivem abandonadas em orfanatos ou simplesmente jogadas a la cria pelas ruas não só do Brasil como em todo o mundo.


                               Prato de cachorro e prato de criança.

Enquanto milhões de crianças não têm um lar digno e vivem a margem da sociedade, sendo judiadas, abusadas e morrendo de fome, frio e doenças, principalmente as causadas pela subnutrição, o bicho homem cheio de pretensões que beiram a demência como de se dizer “filho de deus” adota cachorros como filhos e muitos afetados tentam humanizar os bichinhos com roupinhas da moda, comidinhas especiais, e muitos casais, até brigam na justiça quando se separam para ter a guarda compartilhada do animal.

Um juiz deveria metê-lo na cadeira ou obrigar que os dois adotassem cada um, uma criança, para aprenderem a ser humanos e como dizem, cristãos.


Absurdo.


Total e absurda demência.


                             Roupa de cachorro e roupa de criança.

E ainda tem a justiça, que é publica gastar tempo e dinheiro com esses bobalhões dignos de pena.


É de dar nojo desses hipócritas.


Fico revoltado com tanta hipocrisia e falta do que fazer.


Sou visceralmente contra os maus tratos aos animais, vivo escrevendo em defesa desses, porém para muitos mais vale um cachorro do que uma criança.

                        Sofá de cachorro e sofá de criança.

Tanto que cachorros que passam o dia incomodando um vizinho não pode por esse serem advertidos, pois o seu dono não titubeará em agredir ou até matar quem possa ralhar com seu bichinho.


Lembro-me que no ano de 1972, meu pai ao ver um cachorro chafurdando em seus canteiros, dentro de seu pátio, onde havia semeado alfaces e gritou com o bichinho, um enorme pastor alemão. O dono do cachorro, um advogado, que ouviu meu pai gritar com o seu cachorrinho, enfurecido, resolveu sair em defesa do animal e disse algumas bobagens e ofensas ao meu velho pai e quis até agredi-lo. Meu pai, que andava sempre armado, imediatamente sacou sua arma e trovejou bala no tal advogado de meia pataca, que saiu feito uma galinha-de-angola desnorteada correndo rua a fora sem olhar para trás, largando penas e gritinhos de pavor.


                        Cama de cachorro e cama de gente.

Cachorros que vivem no luxo conforme é publicado seguidamente em nossa imprensa, chegando até o desplante de um renomado e histórico hotel no Rio de Janeiro receber como hóspede um cachorro, cujo dono deixou o bichinho em um apartamento aos cuidados dos funcionários desse hotel, pagando caríssima estada para manter o au-au no lugar de gente.

                          Casa de cachorro e casa de gente.

Realmente isto além de ser uma vergonha, inverte todos os valores. Ou seja, alguém irá dormir em uma cama aonde um fedido cachorro dormiu meses. Sim, pois somente o dono do bicho não sente o fedor do animal, por mais banhos que venham tomar.


                        Banho de cachorro e banho de criança.

Esta inversão de valores está visível na ostentação que muitos mantém seus cachorrinhos, com roupas caríssimas, joias de valor astronômicos e outros luxos.

                         Joia de cachorro e sapatos de gente.

Já uma criança, que me importa, que viva jogada aonde mesmo para um animal é indigno.


E eles dirão. Não fui eu quem fiz o filho. O dinheiro é meu e eu gasto como quiser. Danem-se.

                         Comida de cachorro e comida de criança.

Entretanto todos eles vivem orando para um deus injusto, mau, que não está nem aí para a miséria do mundo.

                            Potinho de cachorro e pote de criança.

Esses mesmos que assim agem de certo vivem orando para um Cristo e dizendo que este tem poder. Que deus é fiel. Que deus é bom, e tantas outras coisinhas meigas. Porém viram as costas para os miseráveis. Não estão nem aí para milhões de crianças famintas. Odeiam a pobreza.


Que bicho desgraçado é o bicho homem.

Ora para deus a fim de receber coisas materiais, riqueza, emprego, renda, entretanto a esmagadora maioria na hora de seus rezas são incapazes de se lembrar dos miseráveis.

Meu filho certa vez disse: Se existir um deus que vá ajudar quem está precisando de comida eu tenho como conseguir, mas milhões estão morrendo de inanição e esse deus ajuda certos pastores de araque que enriquecem do dia para a noite, com  dinheiro dos otários que não enxergam que isto é pura enganação.

E esses que vivem nesse mundinho fora da razão, atormentados por historinhas sem pé nem cabeça, com a maior insanidade hão de dizer:


Deus é fiel.

Deus é justo.

Deus é bom.

Que deus?

Que deus é este que permite essa desgraça?

Onde está esse deus?

E se existisse inferno seria onde esses hipócritas 

iriam amargar.

Fui, tapado de nojo e mais descrente ainda.

 




3 comentários:

  1. Concordo plenamente na inversão de valores aqui apresentada e não tiro uma vírgula, agora dizer que pessoas cristãs agem assim, me desculpe, eu não concordo. Pessoa que age assim diz que é cristão por dizer, pois o verdadeiro cristão se importa muito mais com as pessoas do que com as animais. Dizer que é cristão é uma coisa, seguir a Cristo no que ele fez é bem diferente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caríssimo Geraldo, honrado com sua visita e comentário.
      Antes de respondê-lo quero deixar registrado que tive dois grandes amigos de nome Geraldo, que podemos traduzir como Guerreiro Forte ou Senhor da Lança.
      Bem-vindo Geraldo, como professor tinha contato direto com alunos, pais e colegas professores todos, se dizendo cristãos, porém ouvia e assistia os maiores absurdos. Somos um dos maiores países cristãos do mundo, somente atrás dos EUA, onde a esmagadora maioria assim se diz, muitíssimos dos quais vivem lendo a Bíblia. Como dizes “ser cristão é uma coisa, seguir o cristianismo é outra”. Se passássemos todos nas peneiras da verdade veríamos que mais de 99% só se diz cristão, reza, lê quando em vez a bíblia e não entende, vai a uma igreja ou templo, porém não sabe nada da história das religiões e o pior, não sabe, pois não tem a clareza de ler a bíblia de forma pontual e correta. Padres, pastores (muitos dos quais pedófilos) e a maioria dos religiosos se nós passássemos nessa peneira, veríamos o quão estão distantes do que pregam. Contradizem-se, não conhecem o que pregam e eu fico realmente decepcionado, pois muitos que se dizem cristãos não sabem perdoar, não sabem o que é bondade ou amor, rezam ensandecidamente pedindo favores pessoais ou o mal dos outros. Essa maioria se diz cristã. Fora isto, todos esses que criam animaizinhos em casa, com todo o amor e carinho dão as costas para um morador de rua, para uma criança que sofre abuso ou passa fome, não ligam para o sofrimento alheio. Mas vivem orando. Infelizmente vivemos, caríssimo Geraldo, numa sociedade imensamente hipócrita onde vemos líderes religiosos ostentando fortunas, iates, mansões e outras mordomias. Tudo tirado dos seus cordeirinhos. Infelizmente.
      Vejo pelo teu comentário que és um homem educado, que diz as coisas com clareza, pois a maioria dos comentário que encontramos na Interne são recheados de ofensas e palavrões. Por este motivo estou até me excedendo na resposta, pois não quero que paire dúvidas e por tal mereces essa reflexão maior.

      CONTINUA.

      Excluir
    2. Sou um ávido estudioso em assuntos religiosos, busco as mais primordiais bases do desenvolvimento das religiões, dos quais, muitos adquiridos na faculdade onde estudei com afinco a História das Religiões, sendo um de meus mestres o sábio Norberto Nesello, e busquei dentro do animismo, budismo, xintoísmo, totemismo, na bíblia, na torá e no corão, uma explicação lógica e te confesso, nada do que se prega é seguido. Vivemos num mundo de faz de contas, aonde a hipocrisia é a tônica. Se me ative ao cristianismo é porque vivemos num país onde a esmagadora maioria assim se diz, mas a essa maioria falta coerência e aí entraremos num infindável debate, pois o próprio cristianismo é cópia de cópias, muitas das quais sofreram aviltantes modificações ao serem traduzidas de lendas preexistentes, não só da Suméria, do Egito e de outros lugares. O próprio Talmud, foi por diversas vezes traduzido, do Cópta (camito-semítica) para o Hebreu antigo, do Hebreu antigo para o Grego, do Grego novamente para o Hebreu moderno, dessas para o Latim, do Latim para vários outros idiomas, aonde vamos encontrar a palavra Adamah, que significa terra e foi erradamente traduzida para Adão e nessas traduções muito mais erros foram feitos, muitos propositadamente, pois são conceitos ideológicos e foram se acomodando dentro de suas eras para conquistar as mentes. Tanto que a própria bíblia é um livro recordista em contradições.
      Porém, para encerrar por momento, ficamos no assunto em questão, o qual não mudaste nenhuma vírgula. É sim revoltante ver milhões de crianças passando fome enquanto o luxo e a extravagância inunda os lares de pessoas que dão mais valor a um cachorro do que a uma criança. Eu, particularmente, respeito muito os animais, pois como nós surgiram das mesmas poeiras de estrela que explodiram há milhões de anos, ao ponto de, se estamos na Terra hoje, foi graças a um acidente que dizimou os grande sáurios, caso contrario eles é que ainda estariam dominando o nosso planeta. Mesmo assim o homem tem a soberba de dizer que foi feito para reinar sobre os animais. Vejas bem, se extinguirem-se as abelhas a humanidade será extinta. A cadeia animal, vegetal, fungos e mesmo metais e rochas são à base desta imensa família, onde um não vive sem o outro, pois estão presos como elos de uma enorme corrente. A única certeza que tenho é que a humanidade se autodestruirá. Estamos caminhando neste sentido.
      Caro Geraldo, desejo-te muita saúde e paz, que dias maravilhosos estejam a tua frente, que o Sol ilumine a tua vida, que as estrelas e a Lua revigorem tuas forças durante as noites, que a chuva lave os teus caminhos e que teus passos sobre a Terra sejam serenos e seguros.
      Muito obrigado por participar deste espaço e convido-o a opinar em outros posts publicados neste blogue. Fraterno abraço.

      Excluir