PS

PS

SEGUIDORES

domingo, 25 de outubro de 2015

O Quintal


No quintal de minha casa eu era o rei, onde juntamente com meu irmão construía cidades de casinhas de barro, tínhamos nossas fazendas cheias de boizinho de sabuco de milho, cavalinhos também de barro, caminhõezinhos de lata de azeite e caixas de goiabada, e que juntávamos centenas de florzinhas das cercas-vivas brancas parecidas com estrelinhas e íamos enfiando-as em cordões fazendo colares e pulseiras para as nossas irmãs e amiguinhas que brincavam eventualmente em nosso quintal.


Éramos tão felizes dentro daquela vidinha pobre, mas tão rica em coisas nossas.

O quintal era nosso.

O quintal era o nosso mundo.


E neste quintal, ou dentro de nossa casa desde menininho ouvia minha saudosa mãe Quininha e Vovó Bibira nos contando histórias maravilhosas e a elas juntavam as histórias que minha irmã mais velha aprendia na escola e eu ficava embevecido, alegre e muitas vezes com medo do Saci Pereré, o negrinho de uma perna só com seu gorrinho vermelho, endiabrado fazendo travessuras e dando cachimbadas.


Das Iaras, do Curipira, o jovenzinho com os pezinhos virados para trás que defendia os animais das florestas contra os perversos caçadores, do Mboi-tatá, a cobra de fogo que andava pelos campos assustando os viajores nas noites escuras.


Da mula sem cabeça, apavorante que cuspia fogo, do Boi-da-cara-preta, que assustava as criancinhas que não queriam dormir, do Bicho-Papão, que assustava as criancinhas desobedientes e de tantos outros personagens do folclore brasileiro, como as Iaras ou Mãe D’Água, sereias dos rios de belas vozes que cantavam e encantavam; do Lobisomem brasileiro, que ainda povoa o imaginário das pessoas do interior do Brasil Central e Nordeste, que se transformava nas noites de Lua Cheia, do Corpo-seco, da Mãe-de-ouro, da Comadre Florzinha, da Pisadeira, do Velho do Saco e da Velha Mexeriqueira.


Assim passávamos nossos dias felizes com as coisas que faziam parte de nossa história e de nossas tradições.


Porém o quintal mudou.

O quintal com mais de oito milhões e quinhentos mil quilômetros quadrados, chamado Brasil, virou há muito tempo quintal dos Americanos, por culpa de maus brasileiros, verdadeiros macacos imitadores, capachos e sem amor próprio e a isto se alia essas malditas redes de televisão que fazem a cabeça deste povinho sem cultura.


E o que era nosso foi apagado e hoje vejo com tristeza que maus brasileiros, gentinha capacho, sem amor próprio, sem patriotismo e muitos sem nenhum pudor esqueceram de nossos folclóricos monstrinhos e seres mitológicos maravilhosos e gastam fortunas importando e copiando uma porcaria de Halloween, coisa que vai sendo botada goela abaixo e que nunca fez parte de nossas folclóricas lendas.


Fazem isto para provarem que são macacos imitadores. Macacos que querem ser igualzinho aos ianques. Nojentos e torpes, conforme escrevi em 3 de outubro passado, neste blogue com o Título de MACACOS OU PAPAGAIOS.

Que vergonha conviver com gente que passa a vida sendo capacho de americanos.

Que vergonha viver com gente que não tem amor próprio, macacos imitadores, e o pior, muitas são as professoras afetadas que ensinam essas bobagens importadas para as nossas crianças, deixando de lado as belas historias de nosso folclore.

Esquecem que o Brasil é rico em lendas e historinhas gostosas se bem trabalhadas, esquecem que temos que preservar o que é nosso.


E nossas crianças, coitadas, não sabem o que é um Mboi-tatá, uma Velha Mexeriqueira ou o que é o Curupira.

País sem história, pais sem tradição. E em em nosso Glorioso Hino Rio Grandense diz que:


"povo que não tem virtudes acaba por ser escravo".

Miseráveis macacos imitadores.




4 comentários:

  1. Hoje se intitular '' Brasileiro '' é uma referência a um remédio amargo, mas encorajar-se a defender a sua nacionalidade os dignos que se chamam Brasileiros deixam de lado, Estados Unidos é um País Fantasiado de um '' Nariz Grande que só cheira mal os outros '', mas não podemos os questionar em nosso estado em que vivemos neste País, cuja os Partidos como PMDB, PSDB, PT, PP, e as demais escórias, que por incrível que pareça não se safá 1 Misero Partido, que de miserável não tem nada apenas a '' Inocência de se destacar a quantias roubadas dos cofres Públicos ''.




    Sonhei Hoje com um '' Mundo '' repleto de ódio tristeza, esperança Infortuná, guerra e fome, mas logo em seguida acordei, percebi que estava sonhando acordado, e que quando sonho com este '' Mundo '' é muito mais pleno e sortido de alegria e paz.
    '' O sensacionalismo de sua vida é a sua riqueza Material, e então logo acorde deste sonho e se esvaia igual a sua vida frágil ''
    Lucas Reimann

    ResponderExcluir
  2. Dizer-se Brasileiro para quem não compactua com a pouca vergonha que se espraia não só no Brasil, como no mundo inteiro e muito bom, pois podemos mostrar ao mundo que nem todos são iguais. Não culpo tanto os partidos, nem também os políticos pela podridão que encontramos em todas as classes. Pois todos são retratos exatos do povo. O povo é que é corrupto. O ser humano é corrupto por natureza, infelizmente. E se formos analisar cada categoria vamos encontrar safados e falcatruas em todos os segmentos, sejam advogados, médicos, professores, magistrados, engenheiros, mecânicos, pedreiros, militares,policiais e principalmente políticos.Pois político é o incompetente que não deu certo em nada, então vai ser político e faz dela uma profissão. Ou seja, é a profissão dos incompetente. Mas todos são oriundos do mesmo nicho - O Povo. E como a maioria de nosso povo não tem vergonha, a maioria do político também não a tem.
    Grande abraço caríssimo Lucas.

    ResponderExcluir
  3. Hahaha, tive que rir neste frase que politico é a profissão que não deu certo, é por um lado és verdade que por vir de um '' Líder '' idealista não há nem um, também não culpo o Governo do PT por esta '' Imagem '' que a direita nos passa e enfia goela abaixo a nós. Neste mesmo contexto porém me referindo a frase que lhe escrevi acima, se não me engano, esses dias o Presidente da Grande Nação Russa, calou uma multidão imensa em um debate pela ONU sobre a entrada no conflito da síria, onde ele disse ao vivo oque todos queriam ouvir e falar porém nem uma nação Grandiosa tinha tal '' Incentivo '' de chamar Os Estados Unidos de Mercenários Bajuladores, e ainda disseste em um Tom superior, pois a Russia nunca se Rebaixou aos Ianques !

    ResponderExcluir
  4. Olá Lucas.
    Há um ódio generalizado, principalmente do povo brasileiro em relação ao Russos e à Russia, isto se deve a exaustiva, cara e mentirosa propaganda feita pelos Estados Unidos da América conjuntamente com as redes de televisão do Brasil, rançosas, mentirosas e submissas. Essas redes estão nas mãos dos ricos e poderosos que nada mais são que joguetes nas mãos dos americanos. Mesmo não havendo mais comunismo, tão vilmente atacado, continuam os otários pertencentes as classes poderosas incentivando que parte de nossa burguesia burra e grande parte de nosso povo alienado viva a chutar "Cachorro Morto". Lembrando que esses que odeiam tanto o Comunismo não tem pátria, eles só têm e amam os Bancos. Miseráveis que um dia deveriam ser julgados por crimes de alta traição, lesa-pátria e outras coisinhas e irem para el paredón.
    Grande abraço.
    Prof. Pedro.

    ResponderExcluir