PS

PS

SEGUIDORES

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Buenos Aires, La Reina del Plata - Parte I



 Buenos Aires realmente é uma verdadeira rainha. Rainha antiga e moderna, boêmia e cosmopolita, que nos enche os olhos quer na grandiosidade de sua história, na riqueza de seus prédios antigos como nos novos e belos edifícios ao longo de “Puerto Madero”, onde encontramos a arrojada Puente de la Mujer.
La Reina de muitas línguas que se entreveram por suas ruas e largas avenidas, como a 9 de Julio.
         La Reina de la Boca, bairro boêmio e repleto de cultura popular, la Reina da infinita Feira de San Telmo, que deixou de ser apenas uma feira de antiguidades e se tornou em imensa feira onde se mesclam povos, línguas e arte.
La Reina de la Recoleta, de Palermo, de Avellaneda, de la Plaza de Mayo y de la Casa Rosada.
La Reina única e absoluta do Tango, de Gardel e Piazzolla.
Mas, sobretudo Buenos Aires, a Buenos Aires “Reina del Plata”.

                       Em uma de suas ruas ao estilo europeu.
        Com Sandra  numa noite fria na A. 9 de Julio em frente ao Obelisco.
                     Ao fundo a histórica Casa Rosada, Sede do Governo Argentino.
               
 Sandra com nossos parceiros de viagem, minha irmã Lúcia e meu cunhado Flordemar, em uma estação  do metrô, cuja primemira linha foi inaugurada em 1º de dezembro 1913.
                               Puente de la Mujer em Puerto Madero.
                     Ao fundo o moderníssimo conjunto arquitetônico em Puerto Madero.






2 comentários:

  1. Si. És una ciudad mui linda e de un pueblo amable. Já estoi preparando mi viajen a otra ciudade del Platas, Montevidéo, em la Republica Oriental.

    ResponderExcluir